Publicamos

Lançamento da Campanha Instinto de Vida no Rio Grande do Sul é sucesso de público e crítica

23 Ago, 2017 23 Ago, 2017

Lançamento da Campanha Instinto de Vida no Rio Grande do Sul é sucesso de público e crítica

O lançamento da campanha latinoamerican Instinto de Vida pela redução dos homicídios no Rio Grande do Sul, primeiro Estado do país, articulada pelo Instituto Fidedigna (RS) e Instituto Igarapé (RJ), junto ao Vila Flores, em Porto Alegre, foi realizado no dia 22 de agosto de 2017!

A atividade contou com a participação de cerca de 200 pessoas entre aquelas que participaram do painel de debates, gestores públicos e municipais de segurança, profissionais da justiça criminal, forças policiais, peritos criminais do Instituto Geral de Perícias (IGP), agentes penitenciários da Superintendência de Serviços Penitenciários (SUSEPE), pesquisadores(as) e militantes de direitos humanos, assim como aquelas que estavam presentes no lançamento dos livros de Ilona Szabo, do Instituto Igarapé (Drogas - as histórias que não te contaram), e de Guilherme Gomes Ferreira, "Travestis e Prisões", reeditado pelo Instituto Fidedigna (IF), na exposição "Faces da (In)Diferença" do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e nos shows de Rafuagi, Tribo Brasil e Slam.

?
?
O evento, conduzido pela Diretora Executiva do IF, Aline Kerber, começou com a apresentação do Instinto de Vida, seguido da exibição do vídeo da campanha. Posteriormente, assinaram a carta compromisso da iniciativa o Secretário Estadual da Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer, a Prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, o Prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom. Cachoeirinha e Novo Hamburgo também firmaram o compromisso. Representantes de Canoas, Porto Alegre, Rio Grande, São José do Norte, São Leopoldo, São Sebastião do Caí e Sapucaia foram ao lançamento e se comprometeram a firmar a contribuir com a busca pela necessária diminuição da vitimização letal.
Depois das assinaturas, foram seguidas de um testemunho de Vitória Bernardes, que ficou tetraplégica depois de ser atingida por uma bala perdida e hoje integra a Rede Desarma Brasil. Por fim, foi realizado um painel reunindo Carolina Ricardo (Sou da Paz), Eduardo Pazinato (Fidedigna), Ilona Szabó (Igarapé), o Procurador de Justiça Gilmar Bortolotto e o jornalista Renato Dornelles.
Além disso, a instalação do "Faces da (in)diferença", do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, e uma homenagem, feita nos moldes do memorial desenvolvido pela Casa de las Estratégias da Colômbia, a Alex Casanova, integrante do Vila Flores, assassinado no ano passado pela "guerra às drogas".
??
?
Ao final, as lideranças da Faculdade de Direito de Santa Maria (FADISMA), Diretor Geral Eduardo de Assis Brasil Rocha, da Apoena Socioambiental, Kellen Pasqualeto, e da Associação da Cultura Hip Hop de Esteio (ACHE), Rafael Santos e Geovane Neves, aderiram à campanha.
Mais informações na fanpage do IF!